5 DICAS PARA NÃO TE TORNARES A MÃE DELE NUMA RELAÇÃO

Há dois aspetos que eu gostava muito que nunca te esquecesses: o primeiro é de que nada serve escolher o amor se não estamos preparados para amar. O segundo são as influências dos pais na tua preparação para o amor e como isso pode ser a base para uma relação tóxica. Eu sei que é muito bom termos relações boas com os nossos pais, mas é importante compreender o quanto isso pode ser importante para o nosso relacionamento. O princípio básico para estarmos seguros da nossa relação é que seja uma relação entre adultos. Ou seja, há um momento da nossa vida em que assumimos que somos maiores e, por isso, estamos prontos para criar uma nova relação onde olhamos para o homem ou para a mulher através dos olhos de um adulto. Mas como te podes não tornar na mãe dele numa relação? 5 dicas essenciais:

5 DICAS PARA NÃO TE TORNARES A MÃE DELE NUMA RELAÇÃO

Há dois aspetos que eu gostava muito que nunca te esquecesses: o primeiro é de que nada serve escolher o amor se não estamos preparados para amar. O segundo são as influências dos pais na tua preparação para o amor e como isso pode ser a base para uma relação tóxica. Eu sei que é muito bom termos relações boas com os nossos pais, mas é importante compreender o quanto isso pode ser importante para o nosso relacionamento. O princípio básico para estarmos seguros da nossa relação é que seja uma relação entre adultos. Ou seja, há um momento da nossa vida em que assumimos que somos maiores e, por isso, estamos prontos para criar uma nova relação onde olhamos para o homem ou para a mulher através dos olhos de um adulto. Mas como te podes não tornar na mãe dele numa relação? 5 dicas essenciais:

Não o controles

As mães é que querem saber onde é os filhos andam, o que estão a fazer, porque optaram por A em vez de B. Controlar o teu parceiro é ser mãe dele.

Não o controless

As mães é que querem saber onde é os filhos andam, o que estão a fazer, porque optaram por A em vez de B. Controlar o teu parceiro é ser mãe dele.

Os problemas dele são...dele!

O teu parceiro é isso mesmo: um parceiro! Os problemas dele, só ele é que os pode resolver. É claro que o deves apoiar e se se justificar dares a tua opinião. Mas não tentes resolver os problemas por ele, principalmente se eles não te pedir.

Os problemas dele são...dele!

O teu parceiro é isso mesmo: um parceiro! Os problemas dele, só ele é que os pode resolver. É claro que o deves apoiar e se se justificar dares a tua opinião. Mas não tentes resolver os problemas por ele, principalmente se eles não te pedir.

Ele é independente

Cortar-lhe o bife, arrumar-lhe a roupa, dobrar-lhe as meias ou estar cheia de fome e não ter jantado às 23h só porque ele ainda não chegou, são exemplos típicos de uma parceira-mãe. O teu parceiro é tão capaz das coisas quanto tu, ele não precisa que lhe faças as coisas por ele.

Ele é independente

Cortar-lhe o bife, arrumar-lhe a roupa, dobrar-lhe as meias ou estar cheia de fome e não ter jantado às 23h só porque ele ainda não chegou, são exemplos típicos de uma parceira-mãe. O teu parceiro é tão capaz das coisas quanto tu, ele não precisa que lhe faças as coisas por ele.

Valoriza os teus desejos

Ele gosta de filmes de ação, tu preferes romances, no entanto, sempre que chega a hora de escolher um filme tu satisfazes os seus desejos e em cada 10 filmes que veem, 9 são de ação. Tu tens desejos e não deves de forma nenhuma anulá-los constantemente. Ambas as partes devem ceder, um dia é um filme de ação, no dia seguinte um romance, no outro ação e depois romance.

Valoriza os teus desejos

Ele gosta de filmes de ação, tu preferes romances, no entanto, sempre que chega a hora de escolher um filme tu satisfazes os seus desejos e em cada 10 filmes que veem, 9 são de ação. Tu tens desejos e não deves de forma nenhuma anulá-los constantemente. Ambas as partes devem ceder, um dia é um filme de ação, no dia seguinte um romance, no outro ação e depois romance.

Não o chames a atenção

O teu parceiro não é um bebé. Se os estás constantemente a chamar à atenção é claramente um sinal de que as coisas não estão bem. O teu parceiro é um adulto independente e autónomo com vícios, hábitos e manias como tu. Aceita-o na sua totalidade com os seus defeitos e feitios e não sejas parceira-bem a corrigi-lo todo o tempo!

Não o chames a atenção

O teu parceiro não é um bebé. Se os estás constantemente a chamar à atenção é claramente um sinal de que as coisas não estão bem. O teu parceiro é um adulto independente e autónomo com vícios, hábitos e manias como tu. Aceita-o na sua totalidade com os seus defeitos e feitios e não sejas parceira-bem a corrigi-lo todo o tempo!

Na Match74 acreditamos em verdadeiras histórias de amor e, por isso, queremos que todos os nossos clientes tenham uma experiência inesquecível.

Cabe a nós, fazer todo o trabalho de descobrir o perfil de pessoa que melhor se adequa a ti e apresentar-te os perfis que acreditamos que possam ser a tua cara-metade.

A ti, cabe desfrutares do momento e em cada encontro revelares a tua melhor versão com alguém especial. A primeira acção é tua, contacta-nos!

—–

Na Match74 acreditamos em verdadeiras histórias de amor e, por isso, queremos que todos os nossos clientes tenham uma experiência inesquecível.

Cabe a nós, fazer todo o trabalho de descobrir o perfil de pessoa que melhor se adequa a ti e apresentar-te os perfis que acreditamos que possam ser a tua cara-metade.

A ti, cabe desfrutares do momento e em cada encontro revelares a tua melhor versão com alguém especial. A primeira acção é tua, contacta-nos!

Deixe uma resposta