fbpx

COMO VENCER A ROTINA EM 6 PASSOS

Passado o período arrebatador da paixão e da descoberta, é natural que os relacionamentos entrem numa fase de rotina. Na realidade da vida a dois, existe o excesso de trabalho, as preocupações domésticas, a educação dos filhos e pouco tempo disponível para o diálogo e o romance. Assim, manter a saúde do relacionamento, em meio a tantos desafios, é um exercício diário.

Não importa a idade que tenham e nem há quanto tempo vocês estejam juntos, lidar com a rotina não é fácil. Combater os efeitos da monotonia no relacionamento é um trabalho que exige dedicação e esforço de ambas as partes. No entanto, nada está perdido quando existe amor e boa disposição.

Existem algumas regras simples e fundamentais para que o caminho do casal seja de paz, amor e harmonia.

Colocá-los em prática nem sempre é fácil, mas é especialmente importante. Torna o teu relacionamento mais forte, e as coisas boas – diversão, sexo, confiança, carinho – serão melhores que nunca.

COMO VENCER A ROTINA EM 6 PASSOS

Passado o período arrebatador da paixão e da descoberta, é natural que os relacionamentos entrem numa fase de rotina. Na realidade da vida a dois, existe o excesso de trabalho, as preocupações domésticas, a educação dos filhos e pouco tempo disponível para o diálogo e o romance. Assim, manter a saúde do relacionamento, em meio a tantos desafios, é um exercício diário.

Não importa a idade que tenham e nem há quanto tempo vocês estejam juntos, lidar com a rotina não é fácil. Combater os efeitos da monotonia no relacionamento é um trabalho que exige dedicação e esforço de ambas as partes. No entanto, nada está perdido quando existe amor e boa disposição.

Existem algumas regras simples e fundamentais para que o caminho do casal seja de paz, amor e harmonia.

Colocá-los em prática nem sempre é fácil, mas é especialmente importante. Torna o teu relacionamento mais forte, e as coisas boas – diversão, sexo, confiança, carinho – serão melhores que nunca.

6 passos simples para manter a harmonia

1. Fala sobre as coisas que gostas nele/nela

Experimenta tornar as coisas boas na tua principal prioridade.

Primeiro, considera que são necessárias até 20 declarações positivas para compensar o dano causado por uma declaração negativa. Então elogia os sapatos novos ou a nova camisa azul, por exemplo. Agradece pela ajuda recebida, seja em casa ou em algo do teu trabalho. Faz uma chamada surpresa para um check-in rápido «pensando em ti».

Certifica-te de que esses elogios e agradecimentos são sinceros e específicos e faz contacto visual quando sorrir.

Depois de adoptares essa abordagem, perceberás que, além de saberes como carregar os botões de atalho do teu parceiro, também sabes como apertar os botões de alegria dele (e não queremos dizer apenas sexo). Afinal, foi assim que tudo começou. Não demorará muito para que percebas que é sempre a hora certa para pequenos actos de amor.

1. Fala sobre as coisas que gostas nele/nela

Experimenta tornar as coisas boas na tua principal prioridade.

Primeiro, considera que são necessárias até 20 declarações positivas para compensar o dano causado por uma declaração negativa. Então elogia os sapatos novos ou a nova camisa azul, por exemplo. Agradece pela ajuda recebida, seja em casa ou em algo do teu trabalho. Faz uma chamada surpresa para um check-in rápido «pensando em ti».

Certifica-te de que esses elogios e agradecimentos são sinceros e específicos e faz contacto visual quando sorrir.

Depois de adoptares essa abordagem, perceberás que, além de saberes como carregar os botões de atalho do teu parceiro, também sabes como apertar os botões de alegria dele (e não queremos dizer apenas sexo). Afinal, foi assim que tudo começou. Não demorará muito para que percebas que é sempre a hora certa para pequenos actos de amor.

2. Toquem um no outro

O toque humano ajuda na libertação de endorfinas (neuromediadores de bem-estar), para quem dá e para quem recebe. Portanto, deiam as mãos quando estiverem a andar, e acariciem-se quando derem o beijo de bom dia.

Revive a maneira como tocaste nos primeiros dias – um beijo na parte de trás da orelha, uma mão suave nos cabelos. Adicionar mais desse tipo de toque ajudar-te-á a construir uma fortaleza de amor. Isso é importante, porque, um casal que forma uma unidade estreita pode resistir a qualquer tempestade.

Como constróis esse vínculo? Primeiro, apoia o/a teu parceiro/a. Fica do lado dele sempre que possível, se surgirem problemas no «mundo exterior». Compromete-te a gastar até 30 minutos por dia a conversarem entre si sobre planos, metas e, sim, os sonhos do dia-a-dia.

2. Toquem um no outro

O toque humano ajuda na libertação de endorfinas (neuromediadores de bem-estar), para quem dá e para quem recebe. Portanto, deiam as mãos quando estiverem a andar, e acariciem-se quando derem o beijo de bom dia.

Revive a maneira como tocaste nos primeiros dias – um beijo na parte de trás da orelha, uma mão suave nos cabelos. Adicionar mais desse tipo de toque ajudar-te-á a construir uma fortaleza de amor. Isso é importante, porque, um casal que forma uma unidade estreita pode resistir a qualquer tempestade.

Como constróis esse vínculo? Primeiro, apoia o/a teu parceiro/a. Fica do lado dele sempre que possível, se surgirem problemas no «mundo exterior». Compromete-te a gastar até 30 minutos por dia a conversarem entre si sobre planos, metas e, sim, os sonhos do dia-a-dia.

3. Não culpes o teu parceiro por tudo o que está errado

É tentador culpar o outro quando te sentires irritado/a, decepcionado/a, entediado/a, traído/a ou stressado/a com o relacionamento. O próximo passo é ver o/a teu/a companheiro/a como aquele/a que deve mudar para que o relacionamento melhore. Isso é uma desculpa. Ao tentares melhorar o/a teu/a parceiro estás a colocá-lo na defensiva e a lançá-lo numa luz negativa. O resultado? Ninguém muda. Ninguém assume responsabilidades.

A verdadeira solução: muda-te a ti mesmo/a. Quando abordas as tuas próprias falhas e procuras o melhor no teu/a companheiro/a, a magia acontece. O optimismo aumenta. O teu parceiro sente-se melhor porque percebe ser apreciado, não castigado. E os dois sentem-se motivados a mudar, de maneira que levem a vida ainda com mais alegria.

3. Não culpes o teu parceiro por tudo o que está errado

É tentador culpar o outro quando te sentires irritado/a, decepcionado/a, entediado/a, traído/a ou stressado/a com o relacionamento. O próximo passo é ver o/a teu/a companheiro/a como aquele/a que deve mudar para que o relacionamento melhore. Isso é uma desculpa. Ao tentares melhorar o/a teu/a parceiro estás a colocá-lo na defensiva e a lançá-lo numa luz negativa. O resultado? Ninguém muda. Ninguém assume responsabilidades.

A verdadeira solução: muda-te a ti mesmo/a. Quando abordas as tuas próprias falhas e procuras o melhor no teu/a companheiro/a, a magia acontece. O optimismo aumenta. O teu parceiro sente-se melhor porque percebe ser apreciado, não castigado. E os dois sentem-se motivados a mudar, de maneira que levem a vida ainda com mais alegria.

4. Relaxa e melhora o teu relacionamento

Quanto mais feliz te sentires, mais feliz será o teu relacionamento e mais fácil será gerir conflitos. Se 15 minutos de ioga matinal, uma mudança para o descafeinado ou um novo hobby o ajudarem a relaxar, certamente levarão a momentos mais felizes e ricos juntos.

Muitas vezes, momentos solitários de relaxamento e autocuidado são tão importantes quanto cuidares do outro. Ama-te e conseguirás dar o teu melhor ao relacionamento.

4. Relaxa e melhora o teu relacionamento

Quanto mais feliz te sentires, mais feliz será o teu relacionamento e mais fácil será gerir conflitos. Se 15 minutos de ioga matinal, uma mudança para o descafeinado ou um novo hobby o ajudarem a relaxar, certamente levarão a momentos mais felizes e ricos juntos.

Muitas vezes, momentos solitários de relaxamento e autocuidado são tão importantes quanto cuidares do outro. Ama-te e conseguirás dar o teu melhor ao relacionamento.

5. Aprendam juntos a gerirem os conflitos do casal

Os conflitos fazem parte de qualquer relacionamento. O importante é como lidas com isso. A capacidade conjunta de solução de problemas é um fator chave para a saúde dos relacionamentos. Com as ferramentas e atitudes corretas, o conflito pode tornar-se uma porta de entrada para uma intimidade mais profunda – a chance de ser visto e amado por quem realmente és, de aceitar o adorável e vulnerável EU real do teu parceiro e de construir uma união forte sem ferir silenciosamente.

Evita críticas, confrontos e hostilidade. Eles são como combustível no fogo. Casais felizes, por outro lado, evitam verbalizar pensamentos críticos, evitam que as discussões aumentem e não usam absolutos como “nunca” e “sempre”. Se uma discussão começar, tenta mudar de assunto, injecta uma dose de humor gentil, tem empatia ou mostra apreço extra ao teu/a parceiro/a. Já é muito tarde? Então, faz uma trégua, sai e relaxa por um tempo.

5. Aprendam juntos a gerirem os conflitos do casal

Os conflitos fazem parte de qualquer relacionamento. O importante é como lidas com isso. A capacidade conjunta de solução de problemas é um fator chave para a saúde dos relacionamentos. Com as ferramentas e atitudes corretas, o conflito pode tornar-se uma porta de entrada para uma intimidade mais profunda – a chance de ser visto e amado por quem realmente és, de aceitar o adorável e vulnerável EU real do teu parceiro e de construir uma união forte sem ferir silenciosamente.

Evita críticas, confrontos e hostilidade. Eles são como combustível no fogo. Casais felizes, por outro lado, evitam verbalizar pensamentos críticos, evitam que as discussões aumentem e não usam absolutos como “nunca” e “sempre”. Se uma discussão começar, tenta mudar de assunto, injecta uma dose de humor gentil, tem empatia ou mostra apreço extra ao teu/a parceiro/a. Já é muito tarde? Então, faz uma trégua, sai e relaxa por um tempo.

6. Escolhe a hora certa para discutir

Não comeces conversas potencialmente difíceis se não estiveres bem descansado e bem alimentado. Fome e fadiga podem desencadear comentários desagradáveis e pensamentos sombrios. Nunca tentes lidar com problemas conjugais sérios se estiveres de olho em outra coisa. Desliga a TV, o telefone, o laptop. Se estiveres distraído ou saíres pela porta, escolhe outra hora para conversar. Os conflitos só podem ser resolvidos em tempo real.

6. Escolhe a hora certa para discutir

Não comeces conversas potencialmente difíceis se não estiveres bem descansado e bem alimentado. Fome e fadiga podem desencadear comentários desagradáveis e pensamentos sombrios. Nunca tentes lidar com problemas conjugais sérios se estiveres de olho em outra coisa. Desliga a TV, o telefone, o laptop. Se estiveres distraído ou saíres pela porta, escolhe outra hora para conversar. Os conflitos só podem ser resolvidos em tempo real.

Relacionamentos duradouros são construídos dia após dia

Como foi visto ao longo deste artigo, os aspectos do quotidiano podem afectar a qualidade dos relacionamentos. Dessa forma, estares atento aos pequenos sinais pode ser uma excelente ideia para que a chama do amor não seja sufocada pelos pequenos problemas diários.

Com uma boa dose de amor e dedicação, podem-se evitar situações que acabam por esfriar a chama. Assim, sugiro seis passos a serem dados para que o relacionamento não caia na rotina.

Fala sempre sobre as coisas boas do teu amor, elogia sempre. Não te esqueças do toque, ele é especialmente sedutor. Reconhece que num relacionamento ambos são os responsáveis pelo sucesso do casal e não culpes e nem tentes mudar a forma de ser da outra parte. Cuida de ti, tem um momento de relaxamento e tudo ficará mais agradável.

Sobre os conflitos naturais do quotidiano, é importante que aprendam a geri-los em conjunto, e lembrem-se que existem momentos nos quais o melhor é esperar os ânimos esfriarem. Por fim, aprendam a ouvir e a compreender um ao outro. No mais, desfrutem de todos os momentos juntos e construam um relacionamento com bases sólidas e sustentáveis.

Acreditamos em histórias de amor verdadeira e duradouras e, por isso, queremos que todos os nossos clientes tenham uma experiência inesquecível ao conhecerem o seu match.

Por esta razão, dispomos de uma equipa de dating coaches que te vão ajudar a planear, descomplicar, aprender a deixar fluir com segurança e fazer com que nunca mais te esqueças do primeiro encontro com o novo amor da tua vida.

Estás preparado para abraçar o Amor? Agenda a tua entrevista telefónica gratuita com a nossa Coach Adviser Joana Carvalho Costa:  

www.match74.com/contactos/ e sabe como podemos ajudar!

Relacionamentos duradouros são construídos dia após dia

Como foi visto ao longo deste artigo, os aspectos do quotidiano podem afectar a qualidade dos relacionamentos. Dessa forma, estares atento aos pequenos sinais pode ser uma excelente ideia para que a chama do amor não seja sufocada pelos pequenos problemas diários.

Com uma boa dose de amor e dedicação, podem-se evitar situações que acabam por esfriar a chama. Assim, sugiro seis passos a serem dados para que o relacionamento não caia na rotina.

Fala sempre sobre as coisas boas do teu amor, elogia sempre. Não te esqueças do toque, ele é especialmente sedutor. Reconhece que num relacionamento ambos são os responsáveis pelo sucesso do casal e não culpes e nem tentes mudar a forma de ser da outra parte. Cuida de ti, tem um momento de relaxamento e tudo ficará mais agradável.

Sobre os conflitos naturais do quotidiano, é importante que aprendam a geri-los em conjunto, e lembrem-se que existem momentos nos quais o melhor é esperar os ânimos esfriarem. Por fim, aprendam a ouvir e a compreender um ao outro. No mais, desfrutem de todos os momentos juntos e construam um relacionamento com bases sólidas e sustentáveis.

Acreditamos em histórias de amor verdadeira e duradouras e, por isso, queremos que todos os nossos clientes tenham uma experiência inesquecível ao conhecerem o seu match.

Por esta razão, dispomos de uma equipa de dating coaches que te vão ajudar a planear, descomplicar, aprender a deixar fluir com segurança e fazer com que nunca mais te esqueças do primeiro encontro com o novo amor da tua vida.

Estás preparado para abraçar o Amor? Agenda a tua entrevista telefónica gratuita com a nossa Coach Adviser Joana Carvalho Costa:  

www.match74.com/contactos/ e sabe como podemos ajudar!

 

 

COVID-19

Devido à situação atual gerada pelo vírus COVID-19 e de acordo com as recomendações dadas pela DGS, informamos que os encontros físicos estão suspensos.

Assim que se reunam todas as condições de segurança, estaremos de volta.

Contamos que seja o mais breve possível.
Protejam-se que desta forma cuidamos de todos nós.

Até já!
Match74